Proibido o consumo para menores de 18 anos

Se Beber não dirija

18 de outubro de 2017

Espuma: a “protetora” da cerveja

>>>Espuma: a “protetora” da cerveja

 

A espuma é uma questão que ainda deixa dúvidas em grande parte dos admiradores da cerveja. A famosa pergunta: “com ou sem colarinho?” ainda é um clássico em bares e rodas de amigos. Mas com o crescimento do mercado de cervejas artesanais, a espuma voltou a ser reconhecida pelo seu valor. Primeiro, ela é um ótimo isolante térmico para o líquido. Além da temperatura, a espuma garante aroma, sabor e o gás da cerveja durante mais tempo no copo. O contato direto do líquido com o ar leva a rápida oxidação, que acarreta na perda do aroma e sabor original. Da mesma forma que é sempre bom armazenar a sua cerveja com a garrafa em pé na geladeira ( evitando assim o maior contato da superfície do líquido com o ar ), é indispensável uma camada de espuma quando se serve no copo. É uma verdadeira proteção para a sua cerveja.

Além disso, a espuma pode ser um indicador de qualidade. Cerveja que não faz espuma pode estar com algum problema em sua produção ou ter passado do prazo de validade. Em certos países com tradição cervejeira, espuma no copo é o verdadeiro selo de qualidade.

E para completar, especialistas indicam que quase 70% da espuma pode voltar ao estado líquido, acabando com a lenda de que é um desperdício de cerveja.

Praya no Instagram: